Traduza este blog

segunda-feira, 10 de setembro de 2012


Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. Isaías 55:2

Esse questionamento do profeta Isaías nos faz refletir sobre como estamos investindo nossas finanças, nosso tempo, nossas energias. O profeta nos alerta sobre a temeridade que é abrir mão do que é perene para consumirmos nossos bens no que é supérfluo e passageiro. Muitas  vezes nos cansamos com o que não necessitamos, com o supérfluo, com o luxo, com a aparência, com o que não edifica, e não atentamos para o que nos ensinou o apóstolo Paulo na carta aos Filipenses 4: 6,7 “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.” Jesus nos ensinou que devemos apresentar ao Senhor as nossas inquietudes, pois Ele não somente irá resolver o nosso problema, como irá falar ao nosso coração dando-nos a paz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!