Traduza este blog

sexta-feira, 21 de setembro de 2012


“Para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível...” (1 Pe 1:7)

Nem sempre entendemos a razão pela qual Deus permite que passemos por tribulações. Mas conhecendo a natureza de Deus e o Seu amor por nós podemos ponderar que  Ele tem um propósito muito maior do que imaginamos. Muitas vezes, as tribulações provam nossa fé que,  purificada  glorifica e exalta a Deus, pois todo aquele que passa por provas desenvolve uma fé inabalável e reconhece que nunca teria chegado à vitória se o Senhor não estivesse com ele e por ele. Pedro nos mostra que as provações são um dos meios que Deus usa para demonstrar a autenticidade de nossa fé. Se cremos somente quando tudo vai bem,  nossa fé é superficial e  pode não ser genuína. As provações  purificam  a nossa fé, assim como o calor separa o ouro das impurezas. Essa analogia demonstra que, enquanto não passamos por provações, nossa fé é uma mistura de coisas boas e coisas ruins e pode ser contaminada com nosso egoísmo, vaidade, orgulho e justiça própria, falta de perdão. Mas na tribulação essas impurezas são removidas e Deus se revela como um bem precioso, incorruptível na vida de quem se deixa purificar. Não devemos nos alegrar pelas tribulações em si, mas pelos benefícios que elas nos trazem. Nem sempre é possível perceber o propósito soberano de Deus para aquilo que estamos passando. Mas o próprio apóstolo Pedro nos lembra que, em contraste com a eternidade, essas provações são breves, passageiras. O que nos ajuda a passar por elas é a nossa convicção de que Deus está no controle e sabe o que está fazendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!