Traduza este blog

quinta-feira, 20 de setembro de 2012


 “E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho”. Lucas 15:21
No episódio do filho pródigo narrado por Lucas vemos os passos para  vencermos o pecado: o arrependimento. Voltar atrás e procurar não errar mais são as atitudes mais dignas daquele que reconhece o sacrifício de Cristo por nós. O pecado pode ser vencido porque Ele levou sobre si as nossas dores e nossas maldições. O segundo passo é confessar os nossos erros, como afirma o salmista nos Salmos 51:2-4 “Lava-me completamente da minha iniquidade, e purifica-me do meu pecado”. O terceiro é desejar viver uma vida pura e santa. “Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto”, clama o Salmo 51:10. É importante deixar para trás o que passou e, enfim, crer no poder purificador do sangue de Jesus, lembrando sempre o que ministra 1 João 1:7 “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado”. Assim como o filho pródigo que soube reconhecer onde errou e teve coragem para voltar atrás e pedir perdão ao pai,  precisamos compreender a profundidade do que representa a atitude de Jesus em nosso favor. Precisamos  crer que Jesus já venceu o pecado por nós, e, se estamos em Cristo não precisamos mais viver sob o jugo de escravidão do pecado, porque sabemos que Ele nos comprou por um alto preço e foi ao inferno buscar a sua chave para que não precisássemos descer até lá. Tomemos posse dessa oportunidade e vivamos uma vida reta diante de Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!