Traduza este blog

domingo, 13 de maio de 2012

Eis que eu envio um anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho, e te leve ao lugar que te tenho preparado. (Êxodo 23:20)

A promessa do Senhor ao Seu povo é a de enviará um anjo para nos guiar a um lugar especialmente preparado para aqueles que servem e obedecem a Ele. Essa promessa feita após a libertação do cativeiro no Egito continua em vigor. Deus nos agracia com Sua proteção e continua nos guardando pelo caminho. Quantos não passaram por situações difíceis e sem explicação receberam um livramento. Nem sempre percebemos a ação Divina em nosso favor, porque elas muitas vezes passam despercebidas no nosso cotidiano. Por um segundo passamos à frente de um acidente, ou por mãos invisíveis somos seguros de uma queda. Por vezes o atraso nos salva de algo ruim, um estranho nos encaminha a um passo seguro, uma mão amiga nos abençoa sem que fizéssemos por onde receber a ajuda. Mesmo que não reconheçamos, em tudo isso está o anjo do Senhor que vai a nossa frente a nos indicar um caminho seguro. Mas a promessa de Deus não é apenas de livramento. É também de bênçãos completas em um lugar preparado especialmente para nós. Se entendermos essa palavra de forma completa não tomaremos posse apenas da primeira parte e assim não aceitaremos apenas o livramento do mal, mas nos apropriaremos também do lugar preparado para nós. Esse lugar não pode ser um lugar qualquer, porque vem de Deus. Não podemos aceitar que é apenas a saída do cativeiro, mas precisamos entendê-lo como a Terra Prometida, que mana leite e mel. Muitos, entretanto, estão conformados simplesmente com se ver livres do exército de Faraó, que pode representar qualquer forma de escravidão em nossas vidas, e acabam vivendo em círculo, com saudades dos alhos e das cebolas do Egito e não tomam posse da promessa. Isso porque só estão com os ouvidos atentos às bênçãos prometidas, mas ignoram os passos e as orientações para chegarem a elas. Querem o bônus, sem pagar o ônus. E assim acabam circulando no deserto, como o povo no Êxodo. Perdem mais tempo refazendo, desfazendo e com pseudo arrependimento, mas não se dispõem a obedecer. Deus pede apenas a obediência. Aquele que não busca o mal do outro, que paga os seus votos, que não se dobra diante de outros deuses e não fala mal do próximo, certamente colherá a promessa. Você estará nesta lista?


Bibliografia: http://www.icmv.org.br/BibliaOnline.aspx
































































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!