Traduza este blog

sexta-feira, 13 de abril de 2012


Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. (Isaías 43:10)

A palavra “testemunha” significa pessoa que relata o que viu ou ouviu; pessoa que assiste à realização de um ato para dar-lhe validade legal. Neste versículo, o profeta Isaías nos diz que somos testemunhas de que Deus é o Senhor e fora Dele não há salvação. Isso significa reconhecer que não podemos aceitar entre nós algum deus estranho e muito menos ignorar a soberania e misericórdia do Deus único e verdadeiro que tem dado mostra permanente de Sua ação em nossas vidas. O Deus sobre o qual fala o profeta é o Deus da Profecia. E também o Deus da nossa salvação. Porque somos testemunhas da ação desse Deus é que precisamos fazer como nos ensina Paulo em II Timóteo 2:15 “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”

Quando fazemos jus ao nome de Cristo que carregamos quando nos intitulamos cristãos, somos testemunhamos Aquele que deu a vida por nós, sendo pecadores. Aqueles que são aprovados passam por situações nas quais são testados e conseguem passar de fase. Os que não conseguem passar necessitam repetir a prova até que passem para a próxima etapa. O conselho do apóstolo é conhecer bem a palavra do nosso Senhor, praticando-a de forma eficiente e eficaz. Ser hábil neste manejo nos dará grandes vitórias na vida diária, uma vez que a Palavra de Deus é lâmpada para nossos pés e luz para os nossos caminhos, além de ser a espada que nos defende nas nossas guerras pessoais, parte fundamental da armadura que devemos usar para resistir no dia mal. Porque somos escolhidos de Deus não podemos esmorecer e ainda que as lutas nos sobrevenham devemos saber que o Deus a quem servimos é maior do que qualquer problema que nos aflige e Ele mesmo garantiu que não nos deixaria.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!