Traduza este blog

terça-feira, 24 de abril de 2012


“Ai daqueles que fazem leis injustas, que escrevem decretos opressores, para privar os pobres dos seus direitos e da justiça os oprimidos de meu povo”... (Isaías 10:1-2).

O profeta Isaías condena os que fazem leis em benefício próprio, e não levam em conta as necessidades do povo. O profeta se refere aos legisladores, mas também àqueles que, de alguma forma, têm o poder de decidir sobre a vida ou as condições de vida de alguém. Muitas vezes culpamos as autoridades dos infortúnios que a população passa, mas nos esquecemos de que também nós cometemos injustiças quando não olhamos para aqueles que Deus colocou aos nossos cuidados. Queremos ser respeitados e impomos essa lei, mas não fazemos o mesmo em relação ao nosso próximo. As leis são necessárias a uma sociedade e iniciam no lar. Elas foram criadas para garantir harmonia e equilíbrio, na vida das pessoas que vivem em comunidade. Mas quando os que fazem as leis, quer para uma nação, ou para a vida domestica se esquecem disso e aprovam ou estabelecem leis apenas para o benefício de alguns, ou para o próprio conforto, aí reina a injustiça. Mas, conforme garante o profeta, essas pessoas não estarão livres da mão poderosa do Senhor, pois Ele punirá os opressores do povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!