Traduza este blog

sexta-feira, 4 de novembro de 2011



A lei do SENHOR é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do SENHOR é fiel, e dá sabedoria aos símplices. Os preceitos do SENHOR são retos e alegram o coração; o mandamento do SENHOR é puro, e ilumina os olhos. O temor do SENHOR é limpo, e permanece eternamente; os juízos do SENHOR são verdadeiros e justos juntamente..” (Salmos 19:7-9.)

Amado (a), quantas vezes você já se perguntou como seria sua vida hoje, se nesta mesma data você tivesse tido outra atitude, se tivesse feito outra escolha? Se tivesse dado ouvidos aos conselhos de seus pais, de seu pastor, de seus amigos fieis? Todos nós temos o direito de escolher, mas não podemos nos esquecer que se temos direitos de escolha, não podemos decidir entre assumir ou não as conseqüências de nossas opções. O que vivemos hoje é resultado do que decidimos ontem e ninguém está livre de responder pela escolha feita. Entretanto, muitos querem a liberdade de escolher, mas não querem assumir as conseqüências. E não são poucos os que preferem passar adiante suas essa responsabilidade. Há quem culpe o companheiro, o amigo, o irmão e até mesmo a Deus pelos seus infortúnios, quando deveriam refletir sobre os seus atos e decisões e agir com humildade diante do Senhor. Deus não pode ser responsabilizado por nossas falhas, quando decidimos sozinhos os nossos caminhos, quando nos tornamos independentes e O deixamos de lado. Quem confia no Senhor não se frustra, pois age com sabedoria esperando no tempo de Deus. Mas quem se arvora no próprio entendimento não tarda a conhecer o sabor amargo da decepção.
Amado(a), a palavra de Deus é sábia e se dermos a ela a devida atenção, certamente nos acompanharão não somente a sabedoria, mas o discernimento para tomarmos decisões acertadas com as quais nos alegraremos.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!