Traduza este blog

terça-feira, 8 de novembro de 2011



“Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1 Coríntios 6.19).

Amado (a), nem sempre paramos para pensar que Deus habita em nós. E por isso precisamos ser dignos. Quando uma pessoa aceita viver para Cristo, ela é transformada e para receber o Espírito Santo e as promessas de Deus.
Mas para que isso aconteça, é necessário que a pessoa se submeta á palavra de Deus. As promessas não vêm naturalmente, elas estão atreladas à nossa capacidade de compreender que Deus age em consonância com nossa disponibilidade. Precisamos entender que algumas promessas só se materializam, quando nos convertemos verdadeiramente. Ou seja, quando mudamos nossa forma de agir. Deus está em nós e nosso alvo deve ser o de nos aproximar da estatura de Cristo, como varões perfeitos, na medida em que aprendemos e crescemos com a orientação segura da palavra.
Deus não habita em lugar inóspito. A Bíblia é bem clara também quando afirma que Deus não habita em templos feitos pelas mãos dos homens, mas habita naquele que faz a Sua vontade. Paulo questiona os coríntios e esse questionamento também serve como reflexão para nós nos dias atuais. Nosso corpo deve ser templo do Espírito, um vaso de honra para ser usado por Deus.
Enquanto o mundo ensina que somos livres para usar nosso corpo como bem entendemos, a Bíblia nos exorta a viver e a nos portar com dignidade de tal forma que Deus possa habitar em nós. Se pertencemos a Cristo, sabemos que o Espírito de Deus habita em nós, como afirma o apóstolo em Romanos 8:9 e em 1 Co 6:19-20). Pela presença do Espírito, sabemos que somos eternos e por isso habitaremos o Céu. Se estamos vivendo por Cristo agora, o Espírito nos dá vida nos nossos corpos físicos enquanto os usamos para a glória de Deus (Romanos 12:1).



Amado(a), você é casa de Deus, então, deve ser santo como Ele é. Deixe que Ele derrube a casa velha e construa a casa nova.


Graça e Paz!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!