Traduza este blog

sábado, 22 de outubro de 2011



Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! (Eclesiastes 4:10)


Amado(a), se você sabe quais são as fraquezas de seu irmão, ajude a levantá-lo, não é preciso ser conivente ou concordar com ele, mas não pode apenas acusá-lo em sem oferecer ajuda é isso que a Bíblia ensina. Você não precisa mostrar que o outro é mau para que você mostre que é bom. O que você tem feito, como tem agido nas suas relações quer de trabalho quer pessoais dizem quem é você. Não precisa da avaliação dos outros. Os seus testemunhos falam por si. A ceia tomada indignamente não é responsabilidade do irmão, mas daquele que não vigia. Isso não quer dizer que o irmão não pode alertar o outro a fim de ajudá-lo nas suas fraquezas. Sábio é aquele que ouve os conselhos. Há pessoas que não sabem ouvir nem conselhos, nem críticas. Amado(a), se as pessoas o abandonam, se não conseguem ficar do seu lado, procure ver onde está o seu erro, o que você tem feito para que as pessoas não se aproximem, ou para que elas se afastem. Pare de colocar a culpa nos outros e de se fazer de vítima. Pare de apontar nos outros os seus defeitos e olhe para os seus a fim de que possa mudar o que for possível. Mas não espere que os outros mudem primeiro. Você colhe o que planta, diz a Bíblia, e isso vale para as suas relações principalmente. O que você tem plantado?
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!