Traduza este blog

segunda-feira, 26 de setembro de 2011



“E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.” (João 11:4)



Amado(a), muitas vezes não sabemos porque algo de ruim nos acontece, principalmente quando deixamos as rédeas de nossas vidas nas mãos de Deus. Aí chegamos a pensar que Ele não está nos ouvindo, ou que não está do nosso lado. Esta passagem narrada por João mostra uma situação aparentemente ruim foi revertida para o bem e para a Glória de Deus. Jesus fora avisado que seu amigo Lázaro, a quem amava, estava muito enfermo na cidade de Betânia, mas a Bíblia conta que mesmo sabendo disto Jesus ainda permaneceu dois dias onde estava. Sabemos que Jesus amava Lázaro e que tinha conhecimento de que ele estava doente e haveria de morrer antes de sua chegada, porém Ele não foi de imediato para curá-lo, mesmo tendo poder de fazer isso. Quando Jesus chegou em Betânia, seu amigo Lázaro já havia morrido há quatro dias. Então, Marta foi ao seu encontro e disse: ” Senhor se tu estivesse aqui meu irmão não teria morrido“.
Amado(a), conosco não é diferente. Quantas vezes nós dizemos que, se o Senhor estivesse presente algo não teria acontecido. Mas o tempo nos mostra que mesmo em meio às lutas, em meio às provas, Deus se faz presente está nos preparando para o milagre da ressurreição. Seja ressurreição de um relacionamento, do emprego, da vida familiar, da vida espiritual. Mesmo quando estamos enfermos, passando por tribulações e lutas, precisamos enxergar com os olhos de Deus e reconhecer que o nosso problema não é para a morte mas para a glória de Deus. Por isso amado(a), se as lutas vierem, não reclame com Deus, pois Ele sabe o tempo de todas as coisas. Lembre-se do que Jesus disse a Marta: “Quem crê em mim, mesmo que esteja morto viverá!” Crês tu isto? Creia, e viverás.
Graça e Paz!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!