Traduza este blog

terça-feira, 23 de agosto de 2011



Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, que Eu hei-de aliviar-vos. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. (Mateus 11: 28-30)


Amado(a), todos passamos por momentos difíceis nesta vida. E alguns desses momentos não são tão momentâneos quanto esperamos que sejam. Nem todas as enfermidades são de rápida recuperação. Muitas vezes os problemas financeiros em vez de melhorarem se avolumam com uma bola de neve. Os momentos difíceis acontecem também para os que não enfrentam crises financeiras, ou de saúde. Eles existem para todos os seres viventes, de alguma forma. Às vezes são previsíveis, resultantes de uma escolha nossa, outras são infortúnios que apareçam repentinamente, eis porque é necessário estarmos preparados para, quando eles vierem de encontro a nós, tomarmos as atitudes corretas. Essas atitudes podem ser aprendidas nas lições de Jesus. Até mesmo os não cristãos reconhecem que Jesus viveu momentos difíceis. Nós cristãos compreendemos que Ele já veio destinado a sofrer e que o sofrimento estava incluso na missão que ele veio cumprir. Precisamos tomar a atitude de conservar o foco que Deus quer que tenhamos, considerando o exemplo de Cristo. A atitude de Jesus na noite em que foi traído demonstra essa determinação em não perder de vista a missão que veio para cumprir. E nós, nos momentos difíceis da vida, não podemos nos esquecer de que somos servos de Deus.
Nesses momentos muitas vezes são nos apresentados “caminhos” que, aparentemente, se mostram a solução para os nossos problemas. Mas estes mesmos caminhos exigem que deixemos de olhar para Jesus e nos levam a desviar do que está escrito em João 14:6. A única atitude sensata é conservar o foco e não aceitar nenhuma proposta que nos faça sair da presença de Jesus.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!