Traduza este blog

terça-feira, 12 de julho de 2011



“Ah! se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos, então seria a tua paz como o rio, e a tua justiça como as ondas do mar! (Isaías 48:18)


Amado(a), muitas vezes nos perguntamos por que estamos vivendo tal angústia em nossas vidas. Mas poucas vezes ponderamos como fez o profeta no versículo em epígrafe. Costumamos nos queixar do que temos, ou do que não temos. Reclamamos de nossa falta de sorte, ou de estar vivendo uma série de problemas, mas não paramos para pontuar nossos erros e acertos. Deus não nos ouviu! Essa é a conclusão mais intempestiva, em vez de nos penitenciarmos e nos arrependermos de não tê-LO ouvido. Quantas vezes o Senhor nos mostra o caminho, nos ensina aonde ir, ou aonde não colocar os nossos pés e nós, prepotentemente, julgamos saber onde pisamos e nos achamos fortes e sábios o suficiente para entrar no terreno do inimigo sem nos machucar. O resultado disso é que brincamos com fogo e saímos queimados e depois colocamos em Deus a responsabilidade, ou o julgamos por não te nos protegido.
Amado(a), quantas vezes você foi avisado previamente do perigo que corria em dar as mãos ao inimigo, tanto os ostensivos, quanto os que se passavam por amigos? Profetas não faltaram em sua vida. Eles vêm na forma de irmãos, de pastores, vêm até mesmo nas mais despretensiosas mensagens que você recebe de fontes diversas. Mas você insiste em continuar andando por sua bússola e responsabilizando os outros por seus desatinos. Mas a palavra de Deus hoje é para que acorde. Acordar é abrir o coração e deixar que o Espírito Santo fale sem os ruídos que você deixou invadir seu lar. Pense nisto!
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!