Traduza este blog

terça-feira, 3 de agosto de 2010



E assentar-se-á como fundidor e purificador de prata; e purificará os filhos de Levi, e os refinará como ouro e como prata; então ao SENHOR trarão oferta em justiça. (Malaquias 3:3)

Amado(a), nada na palavra de Deus é por acaso, ou mera ilustração. Toda a Escritura, de Gênesis a Apocalipse está intencionalmente relacionada e tem algo a nos dizer, segundo os propósitos de Deus para as nossas vidas. Se compreendemos isso, já estamos a meio caminho de compreender a mensagem de Deus. O resto o Espírito Santo fará, porque nenhuma palavra que sai da boca de Deus voltará vazia.
Pensemos nesse versículo do profeta Malaquias, o último livro do Antigo Testamento. Ele nos ensina que as tribulações da vida são exatamente os momentos em que estamos sendo purificados no fogo. Mas como o ourives é Jesus, tais situações têm a finalidades de nos refinar, nos libertar de pecados e forjar nosso caráter. Por isso Tiago 1:12 chama de “bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam”.
A provação tem o objetivo de mudar nossa vida com Deus, de forma que possamos ser mais santos, mais puros, pois “sem santificação ninguém verá a Deus” (Hebreus 12:14).
Ao sermos submetidos às dificuldades somos refinados e esta expurgação também nos permite crescer na paciência, esperança e nas experiências. Como diz em Romanos 5.3-4; “nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança”.
Depois que o ourives coloca a prata no fogo e a segura dentro do fogo por um bom tempo ela já está purificada, limpa das impurezas do metal. Quando ela se torna tão clara a imagem do ourives começa a refletir na própria prata. É assim que Deus nos quer: refletindo a imagem do Criador.
Mas para isso é necessário que sejamos provados e transformados pelo poder de Deus. Por meio das lutas provamos a fidelidade do Senhor, vemos a sua glória se manifestando em nossas vidas.
Depois de provados a fim de sermos purificados e amadurecidos na fé, podemos oferecer a Deus uma oferta de justiça: a nossa própria vida. Mas para servirmos a Deus com inteireza de coração é preciso estar limpos de todo o pecado, purificados de toda a sujeira e contaminação deste mundo.
Amado(a), Deus está nos dizendo que quando vier as turbulências e dificuldades é porque Eles está confirmando o chamado para vivermos mais próximo Dele. Ele está nos chamando para servi-Lo.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!