Traduza este blog

segunda-feira, 19 de julho de 2010


E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. (Filipenses 4: 7)

Amado(a), é interessante observar que este versículo nos ajuda a compreendermos a diferença entre as nossas ilusões e expectativas acerca de nossos sentimentos e o que de fato o Senhor espera que façamos no momento de tomarmos algumas decisões: a paz que excede todo entendimento. Quando não estamos em paz, é certo que nossas decisões contrariam a vontade de Deus. Mas essa paz não é uma paz aparente. É o sopro da voz do Espírito que nos impele a agir e a serenar. Se nosso coração não nos condena, temos confiança. Essa paz que excede todo entendimento regerá também nossos sentimentos. Isso significa que somos compelidos a fazer a vontade de Deus porque nosso espírito entra em sintonia com o Espírito de Deus e isso nos dá a tranqüilidade necessária para agirmos com segurança. O profeta Isaias 26: 3 nos garante que Deus conserva em paz aquele cuja mente está firme em Nele; porque confia em Deus. Essa paz, amado(a), é algo indescritível, só pode saber quem vive uma verdadeira experiência com o Senhor, como nos ensina o apóstolo Paulo.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!