Traduza este blog

domingo, 18 de julho de 2010


Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. (2 Coríntios 5:17).

Amado(a), o que o apóstolo Paulo está nos dizendo é que o cristão, aquele que se converte verdadeiramente, não mais se comporta como um ímpio. Se mentia, não mente mais, se adulterava, não adultera mais, se prostituia, não se prostitui mais, se roubava, não rouba mais... As coisas velhas já passaram, são as coisas da carne que agora dão lugar às coisas do espírito, pois a velha criatura está morta para o pecado e caminha em busca da santidade.
E quem anda em busca da santidade não anda mais em companhia mundana, não se associa mais com pecadores, nem se comporta como antes. Antes, porém, procura se cercar daqueles que podem testemunhar o evangelho de Cristo. Não é necessário sair do mundo, mas imprescindível fazer com que o mundo saia de você. Enterrar o passado e tudo aquilo que nos faz presos a ele é fundamental para que a nova criatura cresça e seja edificada na Rocha firme. Mas é importante que se recomece na perspectiva do evangelho, em todas as áreas: no trabalho, nos relacionamentos, nas finanças. Repetir os erros é dar espaço ao inimigo. É mais do que urgente fechar as brechas que dão espaço ao diabo para agir em nossas vidas e se já sabemos quais são os nossos pontos fracos é preciso começar por aí.
O profeta Isaias 32:3 nos garante que aqueles que se convertem terão nova perspectiva “E os olhos dos que veem não olharão para trás; e os ouvidos dos que ouvem estarão atentos”.
Amado(a), o diabo não desiste daqueles que querem servir ao Servir, por isso fique firme e não desanime, peça a Deus força e resista quando a tentação vier ao se alcance. Aquele que prometeu é fiel para cumprir e não deixará que você caia. Mas a decisão é sua: abrir ou não os portos para o inimigo.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!