Traduza este blog

segunda-feira, 14 de junho de 2010




Bem vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada. (Tiago 2:22)

Amado(a), Tiago está dizendo que é preciso fazer algo, sair do imobilismo a que muitos cristãos se prendem e agir. A fé é um dínamo, por isso não pode ser estática. Deve servir para impulsionar ações. Aquele que crê age para o bem da obra de Deus e trabalha pela conquista do Reino. A Bíblia diz que sem fé é impossível agradar a Deus, mas não basta ter fé, se ela não é motor de uma ação para que a Igreja se fortaleça, para que a sociedade seja transformada e para que vidas sejam salvas. Tiago dá exemplos de pessoas que usaram sua fé, mas não se limitaram a crer somente: agiram. Abraão levou seu filho em holocausto. Agiu pela fé e foi justificado e por isso alcançou a promessa. Tiago, no capítulo 2, também faz menção à Raabe, a meretriz, que, pela fé, acolheu os enviados de Josué e por conta disso foi salva e salvou a todos de sua casa. Ela não apenas creu, mas colocou em risco sua vida, porque acreditou e colocou em prática essa fé. De nada adianta dizermos que temos fé, que cremos em Deus e não amamos ao nosso irmão. E não demonstramos esse amor por obras. Há pessoas que amam no discurso, mas não praticam ou vivenciam o amor. Que perdoam com os lábios, mas não demonstram isso em seus atos. Que se dizem cristãos evangélicos, mas não praticam a palavra.
Amado(a), o que você tem feito para justificar sua fé? O que você diz pode ser confirmado por suas ações? Raabe tinha uma vida dissoluta, mas teve fé para mudar seu destino e de sua família. Contudo, é preciso observar que ela não só teve fé. Ela agiu e demonstrou a mudança necessária para que não só a sua vida fosse mudada, mas, indiretamente, de toda a humanidade: dela vem a linhagem de Jesus. Isso só confirma que Deus não olha o passado, mas o coração verdadeiramente disposto a segui-Lo.
.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!