Traduza este blog

terça-feira, 11 de maio de 2010

E foi também convidado Jesus e os seus discípulos para as bodas. (João 2:2)

Amado(a), João, neste versículo, apresenta-nos uma condição fundamental para que um casamento inicie e siga bem: que Jesus seja convidado. Nenhum relacionamento que não convide o Senhor para tomar parte, não só da festa, mas, e principalmente, do dia-a-dia tem condições de sobreviver às lutas e contratempos de uma vida em comum. Jesus precisa ser convidado, antes mesmo da escolha do cônjuge. Ele deve ser consultado. E quando o Senhor está presente o que é defeito se converte em qualidade. O vinho ruim torna-se o melhor. Mas se Ele não faz parte das bodas, em pouco tempo o que era bom torna-se amargo. Essa é a realidade com a qual tem se deparado os casais que se formam sem se pautarem na palavra de Deus. As escolhas equivocadas vão se mostrar um peso difícil de suportar, quando não buscamos a orientação de Deus nessa área basilar. Ao formarmos uma família não podemos pensar apenas em momentos de alegria e de paixão, mas em construir os alicerces de várias gerações. Não é possível tomar uma decisão considerando o que se quer hoje, sem ponderar o que pode vir a ser amanhã. E a Bíblia nos mostra que o jugo desigual traz infelicidade que se alastra por gerações. Se Jesus não é convidado, se um dos cônjuges ignora a importância desse Convidado, não é difícil adivinhar o futuro dessa relação. Amado(a), Jesus foi convidado para o seu relacionamento? Como Ele é recebido em sua casa? Ele tem lugar de honra e se alegra em seu convívio?

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!