Traduza este blog

sábado, 1 de maio de 2010



Quando estiverdes em angústia, e todas estas coisas te alcançarem, então nos últimos dias voltarás para o SENHOR teu Deus, e ouvirás a sua voz.” (Deuteronômio 4:30)

Amado(a), este versículo traduz bem uma parte daquela expressão que muitas vezes ouvimos entre os cristãos: “quem não vem pelo amor, vem pela dor”. Quantas pessoas podem confirmar isso? Seria bem mais simples se as pessoas entendessem a importância do arrependimento sincero antes de terem suas vidas destruídas pelo diabo. Seria tão menos doloroso se seguissem o “manual” de instrução antes de se aventurarem a seguir por si próprios. A Bíblia é o nosso manual, nela temos as normas de conduta que nos garantem um caminho seguro. Os irmãos e nossos pastores também são usados para nos guiar nos caminho que certamente nos aliviará as dores. Mas ainda sim, muitos persistem no erro e deixam de lado a expressão do amor de Jesus que já sofreu as nossas dores, ou a expressão do amor em nossos irmãos que nos advertem sobre os nossos erros para nos evitar dores maiores. Mas muitos, enquanto não vão ao fundo do poço, não experimentam o sofrimento que poderia ser poupado não olham para Deus e não clamam a Ele com sinceridade de arrependimento.
Por que amado(a), deixar que a angústia e a solidão de se ver desamparado(a), seja mais forte do que a Palavra que vem para que reconheça o amor que liberta.? O verdadeiro amor que não escraviza?
Amado(a), se você é ou conhece uma pessoa que está esperando a dor chegar para aceitar a Cristo, ou a mudar o rumo de sua vida, ore por ela hoje. Essa é a vontade de Deus para sua vida. Seus braços estão abertos a sua espera.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!