Traduza este blog

sábado, 3 de abril de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação




“E disse o SENHOR a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão? ” (Gênesis 4:9 )


Amado(a),

Amado(a), muitas vezes temos agido como Caim, quando nos omitimos diante de nosso irmão. Julgamos não ter responsabilidade alguma sobre ele. Essa atitude gera um comportamento irresponsável. Nossa insensibilidade mata. Por inveja Caim matou Abel e assim temos agido também com nossos irmãos. O sucesso dele nos incomoda, quando nos consideramos fracassados e em vez de nos unirmos em forças, queremos que ele caia. Isso é matar. Os nossos relacionamentos devem produzir vida e não morte. Há aqueles que produzem relacionamentos com prazo de validade e estao sempre matando as pessoas quando não lhes convém mais, que ignoram a família quando pensam estar bem. Matam com a indiferença, com o veneno de suas palavras, com a forma leviana de se conduzirem. A Bíblia ensina que o cristão deve "alegrar-se com os que se alegram e chorar com os que choram". Por isso "ninguém vive para si" e, portanto, deve "levar as cargas uns dos outros". É preciso estar do lado do irmão para não deixá-lo cair. Dar apoio para que as suas decisões sejam corretas e para que fuja do pecado, quando não está enxergando o erro. A Bíblia diz que "aquele que sabe fazer o bem e não faz, comete pecado", porque somos responsáveis pelo que conhecemos. Assim, se vemos nosso irmão no erro e não avisamos, seremos cobrados. É nossa responsabilidade avisá-lo para que suas atitudes produzam vida e não morte.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!