Traduza este blog

terça-feira, 23 de março de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação


E a jumenta disse a Balaão: Porventura não sou a tua jumenta, em que cavalgaste desde o tempo em que me tornei tua até hoje? Acaso tem sido o meu costume fazer assim contigo? E ele respondeu: Não. (Números 22 30)

Amado(a), neste versículo temos um episódio que mais parece uma história de desenho animado e aos olhos humanos pode parecer inverossímil: um animal fala com seu dono. Mas está registrado na Bíblia e nos conta a história do profeta Balaão, quando chamado por Balaque, o rei de Moabe, para amaldiçoar os israelitas. Muitas riquezas são-lhe oferecidas para fazer isso. Ele pede orientação a Deus que lhe diz para não amaldiçoar o povo. Mas, como muitos que conhecem a palavra de Deus, é ganancioso, e se desvia da palavra recebida. A Bíblia narra que ao caminho para se encontrar com Balaque, a jumenta de Balaão vê um anjo, mas ele não. Ela e Balaão mantêm um diálogo e ele vê o erro de suas atitudes e promete dizer apenas o que o Senhor lhe disser que fale.
O que nos parece absurdo torna-se uma metáfora para entendermos como Deus tem agido nos dias atuais. Ele tem nos dito o que deve ser feito, mas muitos, por ganância, ou apego ao dinheiro ignoram sua voz. Então é preciso que a jumenta fale. E ela fala quando os justos se calam diante do erro que afasta o Senhor. Fala quando assistimos ou compactuamos com desvios de conduta e com a imoralidade que penetra em nossos lares de forma sutil. Fala quando nos fazemos de surdos ou de ficamos cegos diante dos avisos de cautela com as ciladas do inimigo. A jumenta fala porque os profetas já não têm voz. Quando Balaão percebe o absurdo de dialogar com a jumenta, ele vê o anjo e se posiciona. Então muda sua conduta e obedece ao comando do Senhor: pronuncia bênçãos, não maldições.
A jumenta de Balaão ainda está sendo usada para falar a nós.
Amado(a), você certamente tem ouvido essas “vozes” e não sabe discernir de onde elas vêm. Se você tem se desviado dos propósitos do Senhor, se a voz do profeta está muda, se seus olhos estão cegos para perceberem que o dinheiro, as recompensas terrenas não podem se sobrepor aos mandamentos do Deus vivo, há uma jumenta sendo usada para que seus olhos sejam abertos. Quando isso ocorrer o pecado se tornará visível e verá que, quando Deus quer falar aos que se tornam cegos para o que veem e surdos para o que ouvem, o sobrenatural se manifesta.
Se a sua vida está uma areia movediça, se seus planos estão frustrados, saiba que isso nada mais é do que jumentas de Balaão, que Deus tem permitido para apertar os pés, e jogar os seus projetos de vida que se distanciam do que Ele ordenou pelo ar. Se você não está ouvindo, então seu caso é mais grave do que se pensa! Há muitas jumentas falando com você, o tempo todo. Está na hora de orar a Deus e pedir que lhe faça como a Balaão: “Então o SENHOR abriu os olhos a Balaão, e ele viu o anjo do SENHOR, que estava no caminho e a sua espada desembainhada na mão; pelo que inclinou a cabeça, e prostrou-se sobre a sua face”.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!