Traduza este blog

quarta-feira, 3 de março de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação


“A força e a dignidade são os seus vestidos, e, quanto ao dia de amanhã não tem preocupações.” (Provérbios 31:25)

Amado(a) se Deus tem na família a base da humana, colocou o homem como sacerdote do lar, à mulher coube o papel de auxiliadora. Mas para que a instituição basilar, pensada pelo Senhor, seja firmemente estruturada, nos princípios bíblicos, é necessário que essa mulher seja, como afirma Salomão em Provérbios 31:10, uma mulher virtuosa.
A mulher virtuosa é uma mulher de muito valor e seu valor consiste na sua sabedoria, e a fonte dessa sabedoria é o seu temor ao Senhor, pois ela encontra Nele toda a força que necessita para ser virtuosa. A mulher que teme ao Senhor garante a estabilidade do lar. É uma lutadora pelo bem-estar da sua família e prevalece porque persiste, é determinada em tudo que faz. Não é mulher de meias palavras, nela se pode confiar. Suas atitudes são firmes e constantes, suas ações coerentes com suas palavras. A mulher virtuosa mantém-se digna, mesmo nas maiores dificuldades e não se corrompe sob a justificativa de barreiras e lutas enfrentadas. A mulher que teme ao Senhor é forte diante das fraquezas, porque Deus é seu escudo, e o mundo não a atrai. Ela enfrenta com distinção as lutas no casamento, na criação dos filhos, nas batalhas do trabalho e do dia-a-dia.
As armas da sua luta não são físicas, mas espirituais, eis porque a mulher virtuosa edifica a sua casa. Seu marido é respeitado na sociedade e ela, como esposa e mãe marca toda a sua família. Ela influencia a vida do seu marido e dos seus filhos e dela depende a honra do lar. Não há nada mais poderoso para influenciar uma família do que a mulher. Eis porque Salomão recomenda para a edificação do lar uma mulher virtuosa, porque ela edifica e constrói os bons relacionamentos na sua família. O marido nela confia e não tem preocupações quanto ao dia de amanhã porque ela é sábia administradora e, sobretudo, constrói com a oração a vida dos seus filhos, o sucesso do seu casamento, o bem estar do seu marido, o equilíbrio financeiro. A mulher virtuosa, auxiliadora do sacerdote do lar, sabe da sua importância na constituição da família cristã, por isso não deixa o edifício a meio, perseverança é sua palavra de ordem.


Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!