Traduza este blog

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação




“Melhor é o pouco com o temor do SENHOR, do que um grande tesouro onde há inquietação”. (Provérbios 15:16)


Amado(a), quando lemos a palavra “temor”, sempre a associamos a medo. Mas esse não é o sentido bíblico de “Temor do Senhor”. O homem não deve ter medo ou receio em relação a Deus, mas deve ter um “sentimento” de reverência e respeito ao Criador.
Salomão nos ensina no texto em epígrafe que aqueles que temem ao Senhor possuem a maior riqueza, pois de nada adianta tudo que o homem conquistar, se não Deus não estiver com ele. Muitos se perdem nas ambições mundanas e esperam encontrar felicidade nas coisas do mundo. Mas o fato é que o dinheiro adquirido, a riqueza amealhada sem as bênçãos de Deus só trazem dor e inquietação. É fácil constatar até mesmo na vida de muitos que aparentemente têm tudo, dinheiro, fama, companhia, contudo, são insatisfeitos e se sentem frustrados. Em Deuteronômio 13:4 está registrado: "Andareis após o SENHOR, vosso Deus, e a ele temereis; guardareis os seus mandamentos, ouvireis a sua voz, a ele servireis e a ele vos achegareis." Quem segue essa exortação pode testemunhar uma vida plena em todos os sentidos. Quem teme ao Senhor não brinca de ser feliz, ou passa pela vida fazendo tolices. Quem teme ao Senhor tem um sentido para a própria vida e não se apega a coisas vãs e passageiras, pois temer, ao Senhor nos leva a odiar o mal "O temor do SENHOR consiste em aborrecer o mal; a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu os aborreço", afirma Salomão em Provérbios 8:13.
Temer ao Senhor significa virar-se contra o pecado, deixando nascer dentro do seu coração uma sensibilidade ao Espírito Santo, grande o suficiente para dizer não aos apelos da carne e à voz do maligno.
Eis porque o sábio afirma que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!