Traduza este blog

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação





Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. (1 Coríntios 15:57)


Amado(a), fomos criados a imagem e semelhança de Deus, somos Seus herdeiros e como povo eleito temos toda a prerrogativa dessa condição. Todavia, por negligência nossa ou porque deixamos que o diabo cegue nossa visão, não agimos como tal, nem reivindicamos com propriedade nossos direitos. Fomos criados para atingir a estatura de Cristo. Esta condição está expressa em Efésios 4:13 “Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo”.
Deus nos quer maiores e melhores do que somos e só Ele pode nos transformar em uma pessoa extraordinária, deixando para trás tudo aquilo que nos separa das bênçãos e nos impede de receber aquilo que nos pertence. Mas, para isso, não basta querer, é preciso ter determinação. A condição é fazer algo em prol disso, mesmo que fazer, nesse caso, signifique apenas esperar, confiar, crer e não agir com nossas próprias forças.
É necessário ter uma meta e sermos determinados a conquistá-la. Quem muda de idéia e de atitudes ao sabor do vento, jamais conquista a vitória. Quando o anjo passa para entregar, muitos já não estão mais na posição de receber.
Observe o perfil de pessoas vitoriosas a sua volta. O que elas têm em comum? A determinação, a perseverança e a atitude firme naquilo que esperam e acreditam. Sobretudo, elas demonstram compromisso: compromisso com as pessoas, com a obra, com aquilo que assumiram e empenharam sua palavra. O vitorioso tem palavra e é fiel aos seus valores e as suas convicções. Mas, acima de tudo, é fiel a Deus. Não se desvia para outros caminhos, nem desanima porque sua bênção não chegou instantaneamente. O vitorioso sabe que muitas vezes, quando perde, ganha, pois apega-se na promessa e sabe que Deus não é homem para mentir.
O vitorioso não dá ouvidos aos ímpios e não deixa de ouvir os ungidos do Senhor. Ele aprende com os erros seus e dos outros. Não espera chegar ao fundo do poço para mudar de comportamento.
O vitorioso tem fome de Deus e busca se cercar sempre de pessoas com o mesmo espírito, a fome pelo Senhor atrai sua presença, a unção. Ele gasta seu tempo com as coisas de Deus e pratica a palavra. Ele sabe que suas decisões afetarão sua vida e que se deixar o Senhor guiar os seus passos, não há armadilha que o surpreenda.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!