Traduza este blog

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação



Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. (Romanos 8:33)

Amado(a), quantas vezes nos sentimos perseguidos injustamente, vítimas de pessoas que usam de má fé e nos desrespeitam? As vezes isso acontece até mesmo com pessoas com as quais temos relacionamento próximo. O mal estar e a tristeza que isso nos causa não pode ser aquilatada. Mas Paulo, em carta aos Romanos mostra que não estamos sós, que seremos julgados ou condenados à revelia, pois, como filhos de Deus, como Seus escolhidos, gozamos de Sua proteção. Jesus é nosso advogado e não há quem vença essa causa, se Nele depositarmos a nossa confiança. É o Senhor quem nos justifica, mesmo não sendo nós merecedores de Sua intervenção. Sabemos que não é por mérito nosso, mas pela misericórdia e graça de um Deus que excede à compreensão humana que seremos justificados. Nosso inimigos, sejam eles declarados os ocultos não prevalecerão, pois contamos com a mão poderosa do Altíssimo a nosso favor. Em um versículo anterior, Paulo já afirmava: “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” Ninguém. Nada pode sobrepor à vontade do Senhor. A nós basta crer nessa promessa, agindo sempre dentro do propósito de seguir as instruções do Pai. Porque se estivermos Nele e a Sua palavra for lâmpada para nossos pés, não haveremos de temer. Mas, se dependemos do Senhor, a despeito das circunstâncias, Ele estará ao nosso lado. E, assim, como o profeta Habacuque, podemos cantar: “Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.
O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas. (Habacuque 3:17-19)
A Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!