Traduza este blog

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação



Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis. (Mateus 24:44)

Amado(a), nessa vida em que tudo nos distrai, nos seduz e nos faz perder o foco de nossa missão, muitas vezes nos esquecemos que não são os bens materiais, os prazeres da carne, ou as conquistas seculares que preencherão nossa existência. É preciso saber que somos seres limitados e com uma existência terrena temporária e a consciência de nossa finitude deveria nos impulsionar a vigiar mais nossas atitudes. Não sabemos quando iremos deixar essa vida, tampouco sabemos o dia em que o Senhor virá. Mas sabemos que os tempos são maus e que aquilo que as escrituras dizem sobre a ação do maligno no final dos tempos tem se intensificado. Muitos têm se perdido nos seus propósitos e tem desviado sua conduta, agindo como se nunca tivessem conhecido a palavra de Deus. Muitos têm se corrompido por ganância, por estupidez, como se a vida fosse eterna na terra e como se o juízo de Deus não fosse acontecer. Como está sua vida? Quais têm sido os valores retidos para que não perca o direito de ter nome no livro da vida? Se o Senhor Jesus voltar essa manhã, você estará limpo(a) para subir com Ele? Se Ele lhe perguntar como tem se comportado com relação aos seus irmãos, aos seus filhos, aos seus pais ou seus amigos, como haverá de lhe responder? Você tem sido um pregador da Sua palavra e agido como um cristão autêntico, ou tem sido motivo para que o evangelho do Senhor seja envergonhado. Quantas vidas têm trazido para Jesus por meio de sua conduta, de sua pregação pelo exemplo? Você tem lido a palavra de Deus, retido-a seu coração e exercitado os seus mandamentos, ou apenas é mais um(a) freqüentador de igreja, leitor(a) e não praticante da palavra? Ainda há tempo, mas pode ser que pela manhã o Senhor lhe peça contas do tesouro que lhe confiou.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!