Traduza este blog

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Eu te louvarei, de todo o meu coração; na presença dos deuses a ti cantarei louvores. (138:1)





Amado(a) o salmista nos exorta com esse versículo a louvar e bendizer o Senhor com todo nosso coração. Ele deixa claro que só um Deus digno de receber louvores e que os outros deuses apenas serão espectadores dessa ação. Muito tem feito o Senhor por nós, e devemos ser gratos. Devemos proferir palavras de agradecimento ao Senhor.
Hoje é dia especial de Ação de Graças, porque em todos os outros nossa alma deve também estar voltada para o reconhecendo os feitos desse Deus maravilhoso. Nosso louvor não deve ser entendido apenas como um entoar de música na presença de Deus, ou como um ritual de palavras ditas durante uma celebração, todavia ser uma música ministrada cotidianamente com nossos gestos e atitudes, em todo o tempo e lugar e, principalmente que seja percebido pelos ímpios como demonstração sincera e inequívoca de temor e adoração a Deus.
Diante dos ímpios e seus deuses entoaremos louvores ao Altíssimo, dando-Lhe a devida honra, sabendo que essa música chega aos Seu ouvidos como canção agradável.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!