Traduza este blog

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

E matou reis famosos; porque a sua benignidade dura para sempre;(Salmos 136:18)





Amado(a), observe que neste versículo o salmista traz à lembrança duas características de Deus as quais não devemos esquecer: Deus é poderoso e é bom.
Não há outro Deus que conjugue essas duas características. E nunca é demais lembrar que se é a Ele a quem servimos, Dele teremos as benesses. Quantas vezes somos subordinados a pessoas que temporariamente têm um certo poder e se arrogam no direito de subjugar seus chefiados? Quantas vezes somos vítimas de abusos e desmandos de simples mortais que, por ocuparem um cargo, ou um posto elevado agem de forma desumana e intolerante, desrespeitando valores e pisando nos mais fracos. Mas também é bom lembrar que todo poder terreno é temporário e que acima de Deus não ninguém. Não há força, não há status, não há poder que dure para sempre. A história relata que impérios sólidos foram destruídos, reis e ditadores poderosos foram destronados. Homens e mulheres famosos se quedaram diante do nosso Deus. O único benigno e poderoso que trata os vencidos com longanimidade e abate os soberbos. Portanto, amado(a), creia que Ele não deixará que os Seus filhos sejam subjugados, antes abaterá os seus perseguidores. E eis que Ele usará a maldade e a arrogância do ímpio em favor de Seus escolhidos para que toda honra e glória e Ele seja dada.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!