Traduza este blog

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

“Tira de sobre mim o opróbrio e o desprezo, pois guardei os teus testemunhos” (Salmos 119:22)




Amado (a), o salmista pede ao Senhor que lhe tire a desonra e o desprezo que lhe tem vitimado, argumentando com Deus que tem guardado a Sua Lei. Quantas vezes também temos essa mesma súplica ao Senhor porque sofremos o desprezo ou a desonra? Quantas vezes nos sentimos afrontados e injuriados até mesmo por aquelas pessoas a quem devotamos amizade? Sabemos que Deus é nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia e que podemos recorrer a esse Pai misericordioso. Mas podemos afirmar como o salmista: guardei a os Teus testemunhos? Antes de clamarmos a Deus que venha em nosso socorro, que não nos deixe em desonra, ou vitimados pelo desprezo, precisamos consultar nossa consciência e nos certificar de que estamos limpos para solicitar ao Senhor, cientes de que a Sua palavra tem sido a nossa regra de fé e conduta. Guardar os testemunhos é condição para termos carta para clamar diante de Deus.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!