Traduza este blog

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Maná: Palavra Diária para Edificação



“A tua fidelidade dura de geração em geração; tu firmaste a terra, e ela permanece firme.”(Salmos 119: 90)

Amado (a), a fidelidade é uma das virtudes mais importantes na vida de um cristão, em todas as áreas. Inicia em nosso relacionamento com Deus, e se desdobra em nosso relacionamento com os outros. Deus é absoluta e incondicionalmente fiel e deseja que, pelo Espírito Santo, essa fidelidade se torne uma parte importante de nosso caráter.
Exercer a fidelidade significa ser uma pessoa fiel em suas palavras e promessas; ser alguém confiável ou em quem se pode confiar.
O cristão é fiel como pessoa, como colega, como vizinho, como amigo, como pai, como cônjuge, como filho. Ele não rompe contratos, nem deixa de cumprir suas promessas. Não pode se declarar cristão, quem não se reconheça fiel, pois a fidelidade é atributo de Cristo e Nele devemos nos espelhar.
Quando o salmista clama: “Salva-nos, Senhor, pois não existe mais o piedoso; os fiéis desapareceram dentre os filhos dos homens. Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobre” (Salmo 12:1-2), ele reconhece que precisamos de uma unção do Espírito para que tenhamos esse atributo tão necessário à vida espiritual e terrena. Quando somos fieis, plantamos a semente da reciprocidade e chamamos sobre nós o respeito que queremos ter. Quando não enganamos ou não desprezamos os compromissos assumidos diante de Deus e dos homens, vivemos uma vida plena de significados, os quais muitas vezes negligenciamos.
Se fomos salvos e entramos num relacionamento pessoal verdadeiro com o Senhor, uma das primeiras coisas de que teremos de nos apoderar é uma atitude firme de permanecer fiel tanto com o Senhor, quanto com os outros.
A infidelidade rompe laços, impede bênçãos e atrai problemas em todos os sentidos. A fidelidade, ao contrário, atrai bênçãos e segurança, porque sabemos que Deus é fiel e Nele não há mudança nem sombra de variação; Ele não é filho do homem para que minta ou se arrependa. Tudo o que Ele promete em sua Palavra o fará. Ele nos deu "suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis participantes da natureza divina” (2 Pedro 1:4).

Portanto, amado(a), sejamos fieis aos nossos compromissos para que possamos ver as promessas do Deus fiel se cumprirem em nossas vidas. Ele, certamente, não nos decepcionará.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!