Traduza este blog

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Maná: Palavra Diária para Edificação


“Antes de ser afligido andava errado; mas agora tenho guardado a tua palavra.”(Salmos 119: 67)


Amado (a), adversidade é inevitável e para a nossa edificação e crescimento tem um valor incalculável. As lições que tiramos dos momentos de adversidade são as mais sólidas em nossas vidas. Nessa escola, dirigida por Deus, as aflições não devem ser entendidas como castigos, mas como exercício de aprendizagem. Jesus Cristo também foi afligido e nossas aflições jamais podem ser comparadas às Dele. Mas tomemos o que diz Lucas 24:26 “Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória?”
Para entrarmos na terra prometida, ainda temos que passar pelo deserto. Assim também o Getsemani precedeu a glória. E é nessa lição que devemos nos orientar
Outra constatação que nos leva a compreender porque passamos por aflições para conquistarmos as bênçãos é que satanás tem uma única meta: fazer oposição ao trabalho para Deus e defende incansavelmente o seu território. E quando percebe que o cristão é agraciado, ele age com mais ferocidade. Suas armas são sutis, mas velhas conhecidas: ele cega o entendimento, obscurece a mente e planta a semente da desobediência e do encantamento com as coisas do mundo para, em seguida, jogar no chão aquele que caiu em sua armadilha. O que parece bonito, reto e promissor, torna-se feio, triste e sombrio. Por isso é necessário que fiquemos previamente advertidos e armados como ensina Paulo em 1 Tessalonicenses 3:3-4 “3 Para que ninguém se comova por estas tribulações; porque vós mesmos sabeis que para isto fomos ordenados, 4 Pois, estando ainda convosco, vos predizíamos que havíamos de ser afligidos, como sucedeu, e vós o sabeis.”
Mas a boa notícia é que, se somos afligidos, recebemos o amor de Deus e a confirmação de que somos Seus filhos “Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho.” (Hebreus 12:6) e “Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR o livra de todas.” (Salmos 34:19).
Entretanto, amado(a), é necessário buscar o discernimento, vigiar e orar, porque como disse Jesus em Mateus 10:16 “Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas.”
O salmista nos mostra como tirar lição da adversidade, pois ela fez com deixasse o caminho errado e passasse a guardar a palavra. Adversidade é de incalculável valor para forjar nosso caráter “Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos.” (Salmos 119:71). Quantas vezes lemos e ignoramos a palavra de Deus. Assim é preciso passar por aflições para nos posicionarmos diante de Deus. A adversidade nos leva à essência da Palavra, e leva a Palavra para dentro do nosso coração. Ela não apenas nos faz aprender a Palavra de Deus, mas também nos faz guardá-la para sempre, no nosso coração. Nem todos chegam à verdade pela busca amorosa, mas pelo sofrimento.
Amado(a), se você foi afligido(a), glorifique a Deus. O diabo sabe que já é derrotado, mas você precisa saber que é na perseverança na palavra que será abençoado(a).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!