Traduza este blog

sábado, 17 de novembro de 2018

Jesus respondeu: "Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna". A mulher lhe disse: "Senhor, dê-me dessa água, para que eu não tenha mais sede, nem precise voltar aqui para tirar água". Ele lhe disse: "Vá, chame o seu marido e volte". João 4: 13-16




Assim como aquela mulher muitas são as pessoas que ainda vivem em busca de relacionamentos perfeitos, e à medida que se desencanta sai à procura de outras pessoas que possam corresponder às suas expectativas ou os seus ideais de felicidade. A mulher do episódio bíblico narrado pelo apóstolo João e que teve um encontro com Jesus já havia tentado com seis homens diferentes e ainda assim permanecia insatisfeita. Vemos que Jesus mostrou a ela que o segredo da felicidade não é com quem ela estava e sim como ela estava. Essa passagem nos leva a refletir sobre nossa forma de perceber a nossa relação com as pessoas. Não há relacionamentos perfeitos e não importa a qual família pertencemos, quem é o nosso parceiro, ou quanto de dinheiro temos. Não é nas pessoas que devemos buscar a nossa felicidade. A verdadeira realização que tanto buscamos só vai acontecer quando bebermos da água da vida, que é Cristo. E aí, sim, podemos colaborar para a felicidade se espalhe também nos nossos relacionamentos.

E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.
Efésios 3:18-19

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!