Traduza este blog

domingo, 1 de abril de 2018

“Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência”. Efésios 5:6



A Bíblia nos ensina a sermos prudentes, cuidando sempre para não sermos enganados. O sábio Salomão nos exorta a ter cuidado com os lábios enganosos, com a sedução das palavras e ainda nos adverte a não desviarmos os ouvidos de ouvir a lei, para que nossa oração não seja abominável ao Senhor. (Provérbios 28:9) e adverte-nos para que saibamos receber a devida repreensão sem endurecer o coração, atentando-nos para a correção que vem de Deus. (Provérbios 29: 1). Quantos de nós ficamos chateados quando um irmão, um pastor, ou um familiar nos admoesta e nos fala algo que no momento nos parece duro. Gostamos de ouvir elogios e ficamos envaidecidos quando eles vêm de outras pessoas. Todavia, não nos damos conta de que muitas vezes os elogios são ciladas e as verdades que nos parecem amargas, mesmo ditas por aqueles que nos amam, são para a nossa edificação. Lembremo-nos do eu nos diz o sábio em Provérbios 28:23

 “O que repreende o homem gozará depois mais amizade do que aquele que lisonjeia com a língua”. (Provérbios 28:23)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!