Traduza este blog

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Não abandonemos, como alguns estão fazendo, o costume de assistir às nossas reuniões. Pelo contrário, animemos uns aos outros e ainda mais agora que vocês veem que o dia está chegando. Hebreus 10: 25



A Palavra de Deus nos diz que não podemos ter uma vida espiritual sozinhos, pois viver no Espírito é como uma semente que precisa de terreno fértil para crescer. E esse terreno é preparado quando nos reunimos como Igreja e preparamos o ambiente espiritual para ouvir, compreender e aceitar a Palavra de Deus. É nesse ambiente que preparamos o terreno para que a semente da Palavra possa crescer e amadurecer de forma plena. Mas quando deixamos de congregar como Igreja não nos permitimos receber os nutrientes necessários. Quando deixamos o Senhor em posição secundária em nossa vida, a consequência é o esfriamento e a desnutrição espiritual que pode nos levar à inanição. Mas quando nos reunimos criamos um ambiente de intimidade com Deus, pois na congregação há uma medida maior da Sua presença e a graça coletiva é liberada. Ao nos reunirmos como Igreja aplicamos na nossa vida espiritual o princípio expresso em Deuteronômio 32:30

 “um pode perseguir mil, mas dois juntos dez mil”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!