Traduza este blog

quarta-feira, 7 de março de 2018

Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos. (Romanos 8:24-25)



A fé deve ser o alicerce da esperança, pois ela é a certeza daquilo que os olhos humanos não podem vislumbrar. O apóstolo Paulo nos faz refletir sobre o fato de que na fé está a diferença entre crer no que está posto e esperar pacientemente pelo que não se pode enxergar, contudo é a Palavra do Senhor. Paulo nos ensina a esperar com paciência nas lutas, a enxergar a tempestade com os olhos da fé, pois todos estamos sujeitos a ela. Contudo, a diferença está em como agimos diante da tribulação. Conhecendo quem tem a mão no leme, sabemos em quem confiar. Devemos pois, fazer coro com as palavras do profeta Jeremias em Lamentações 3:21:“Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei” e seguir as orientações do apóstolo Paulo em Romanos 12:12

“Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!