Traduza este blog

sábado, 12 de agosto de 2017

E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. 2 Coríntios 9:6


Semear é uma atitude de fé e significa acreditar no que se planta. É um princípio de economia que o apóstolo Paulo nos ensina e que nos leva a pensar sobre onde e como estamos semeando nossas economias. Mas também precisamos nos lembrar de que esse princípio de economia não se trata apenas de valores financeiros ou materiais. Nosso tempo e nossas prioridades são também sementes que devem ser semeadas em terreno fértil para que produzam na proporção de nosso investimento. Aquele que investe seu tempo, seus dons e suas finanças de forma certa, no lugar ideal e com abundância, certamente, colherá na dimensão de seu empenho. Aquele que pouco investe tanto o seu dinheiro, quanto seu tempo, seu amor e dedicação a algo, obviamente, pouco receberá como retorno. Paulo nos ensina a plantar para colher, na devida proporção do que semeamos, em todas as áreas da nossa vida e Jó nos lembra de que a colheita é consequência direta e inevitável do que plantamos.

Segundo eu tenho visto, os que lavram iniquidade, e semeiam mal, segam o mesmo. Jó 4:8


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!