Traduza este blog

domingo, 9 de julho de 2017

O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. (Romanos 14:3)



O apóstolo Paulo nos ensina que não devemos julgar nem criticar a fé dos outros, pois isso cabe somente a Deus, e não a nós. Paulo nos mostra que mesmo dentro de uma mesma igreja podemos encontrar todo tipo de fé.  Se alguns foram instruídos dentro da Lei antes da sua redenção, provavelmente, guardam vestígios da sua antiga fé legalista. E isso não pode ser objeto de crítica ou de condenação. Se alguns se importam em selecionar alimentos e outros em guardar o sábado isso não pode ser motivo de separação entre os irmãos em Cristo. os que são do Senhor sabem que devem resolver essas diferenças em nossa fé na justiça de Deus e não criticando uns aos outros por assuntos tão pequenos que em nada edificam a Igreja ou elevam o Nome do Senhor. A Bíblia considera aqueles que foram redimidos dos seus pecados, pela crença na justiça de Deus, como pessoas preciosas de Deus e Deus apenas que não faz acepção de pessoas, apenas nos pede que amemos uns aos outros e que nos firmemos em Sua Palavra, não em dogmas e doutrinas. Ainda que existam diversidade entre os servos de Deus, a fé na salvação é a mesma. E a Palavra de Deus nos ensina que devemos glorificar a Deus pela fé na Sua justiça, em vez de exaltar a nossa própria justiça. Não devemos julgar a fé do outro e sim exercitar a nossa fé, afirmando como o profeta Habacuque 3:18

Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação.
                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!