Traduza este blog

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Romanos 1:21


Na Carta aos Romanos, Paulo trata das questões sociais ao falar do Evangelho, e assim mostra de forma análoga ao médico que aborda uma doença, um mal que contagia a sociedade. O apóstolo diagnostica a doença que assola a sociedade e apresenta o Evangelho Este como um remédio. Paulo nos mostra que a idolatria e a depravação dos homens são motivos ou causas dos grandes males sociais e mostra que a “Ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão das pessoas que transformam a verdade de Deus em injustiça”. Em nome de uma sociedade livre, desde os tempos do apóstolo e, de forma bastante acentuada, hoje, as pessoas agem como se não tivessem um Criador e dão vazão à sua natureza ímpia e perversa e não conseguem ver a prova da existência de Deus manifesta na natureza. O homem fica entregue aos seus próprios desejos carnais e manifestam tudo o que o pecado dita, por isso vigora a idolatria, a prática homossexual e outros pecados condenados pelo Senhor. Embora a sociedade insista em afirmar que o homem tem o direito de escolher o quiser e de buscar a sua felicidade, a Bíblia nos diz que somos criaturas e que devemos ouvir o Criador. E se Deus nos criou a Sua imagem e semelhança não podemos usurpar o poder de decidir se queremos ser homem ou mulher, quando fomos formados segundo a vontade de Deus. Quando homens e mulheres, criaturas, se colocam no lugar do Criador e decidem mudar a natureza humana, Deus, conforme relata Paulo, os abandona às paixões infames, para se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros. Contudo, recebem em si mesmos a recompensa que convém ao seu erro. São as consequências do pecado. E o pecado nos impede de conhecer e de glorificar o Todo-Poderoso. Por essa razão é necessário o conhecimento da Palavra de Deus é necessário, porque Ele quer que todos se salvem.


Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Salmos 51:2



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!