Traduza este blog

domingo, 18 de junho de 2017

E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. (Romanos 5:3-5)


A paciência é uma das mais maiores virtudes cristãs, e é formada pelas tribulações e pelas lutas que enfrentamos na vida. Por essa virtude, alcançamos a experiência e com ela a esperança que não traz confusão. Quando aproveitamos as tribulações da vida, para amadurecermos nossa experiência cristã, aprimoramos nossa vida em Cristo. Perseverança é manutenção de uma atitude. É manter-se firme em uma postura e acreditar em um objetivo, mantendo-se no caminho que nos faz alcançar esse objetivo. O apóstolo Paulo reconhece a dificuldade que temos em perseverar, por isso nos encoraja a isso, ensinando-nos que é pela tribulação que chegamos à perseverança. Sabemos que perseverar não é fácil, mas lembremo-nos da experiência de Jó para que também nós possamos colher os frutos como nos foi prometido

E terás confiança, porque haverá esperança; olharás em volta e repousarás seguro. Jó 11:18




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!