Traduza este blog

terça-feira, 11 de abril de 2017

Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem. Lucas 21:36

Nesse trecho, o evangelista Lucas, também tido como o escritor do Livro de Atos dos Apóstolos, nos faz refletir sobre uma importante revelação de Jesus sobre Sua missão na Terra. Quando lemos a História de Jesus, narrada nos quatro Evangelhos, vemos que Jesus operou milagres, que era seguido por uma multidão que testemunhou Seus feitos, a mesma multidão que, instigada pelos líderes da época, O condena à cruz. Mas é interessante observar também que Jesus, embora notório pregador da Palavra, esconde que é o Messias e até manda seus discípulos manter silêncio. Mas vemos também em alguns episódios descritos pelos evangelistas que aparente segredo era conhecido por alguns que O seguiam e até mesmo pelos demônios expulsos por Ele. Vemos que Jesus, embora seguido por uma multidão, não usava Seus milagres como marketing, nem se vangloriava deles. Por isso, muitas vezes falava por parábolas e somente aqueles que tinham a orientação do Espírito recebiam a revelação e o entendimento, como os pastores, que se levantaram e imediatamente foram a Belém. Havia, e ainda há, um véu que separa as pessoas de ver e compreender o mistério da Sua messianidade. Por isso a Bíblia diz que Jesus veio para os Seus e os Seus não O receberam. Conhecendo a História secular e também a Bíblia, vemos que os judeus, dos tempos de Jesus e muitos atuais, fantasiaram e ainda fantasiam a vinda do Messias. Mais do que os gentios, eles tinham o conhecimento das Escrituras, tinham as Profecias para guiá-los e, entretanto, ficaram cegos, confundiram os tempos, as épocas e o que esperar do Messias.  Sabemos que do ponto de vista político, os judeus estavam dominados pelo Império Romano, humilhados como nação e isso fez com esperassem que o Messias em seu tempo os libertassem dessa opressão. Se perderam o bonde da História e não O reconheceram quando esteve como homem entre eles, agora precisam vigiar e ficar atentos, pois o Messias não voltará da mesma forma. Ele voltará com poder e Grande Glória, como o Rei dos reis, como o Senhor dos Senhores e virá para dominar a terra, para ser visto por todo olho e aí todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Jesus Cristo é o Senhor. É sobre isso que nos alerta Lucas no texto em epígrafe. Precisamos vigiar e orar, pois foi exatamente isso que os judeus não fizeram quando tiveram a honra e a oportunidade de ter Sua Presença. Precisamos vigiar e orar, para reconhecer os tempos e as épocas, para nos  mantermos fieis a Deus e nos encontrarmos dignos de ficar de pé diante do Seus trono. Fiquemos atentos ao que nos ensina o profeta Jeremias 23:5

Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, sendo rei, reinará e agirá sabiamente, e praticará o juízo e a justiça na terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!