Traduza este blog

sábado, 1 de abril de 2017

Mas, conhecendo ele os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino, dividido contra si mesmo, será assolado; e a casa, dividida contra si mesma, cairá. Lucas 11:17


Neste texto, relatado por Lucas, vemos que Jesus expulsava um demônio mudo que, ao sair, fez com que o homem que lhe incorporava falasse, deixando a multidão admirada. Mas alguns deles disseram que Ele expulsava os demônios pelo príncipe dos demônios e O punham à prova, pedindo-lhe um sinal do céu. Conhecendo os seus pensamentos, Jesus respondeu-lhes que uma casa dividida contra si mesma cairá, e se satanás está dividido contra si mesmo o seu reino não pode subsistir. Mas o que nos chama a atenção nessa passagem é que não foi o homem antes possuído por um demônio mudo que acusou Jesus de operar milagres pelo poder de satanás, pois se tivesse falado seriam para testemunhar o milagre e exaltar Aquele que o libertou. Foram os homens que presenciaram os milagres que O acusaram. Contudo, o interesse deles não era nem a verdade nem a cura, mas a atenção do povo.  E isso, infelizmente, tem acontecido com frequência nos dias atuais, quando os cristãos brigam, se dividem e estragam o trabalho de outros servos do Senhor, porque se alinham com uma ideologia, um partido político, uma corrente teórica ou filosófica. E como disse Jesus, só há um resultado - um reino dividido, por isso nos alertou contra falsos profetas e suas obras em Mateus 7:15-16; 24:4-5. E por isso nos ensina a provar os espíritos (1 João 4:1). Mas, também nos alerta para tomarmos cuidado para que nosso combate seja contra o inimigo e não contra nossos irmãos e verdadeiros companheiros na guerra espiritual. E para que tenhamos discernimento sobre o que é certo devemos buscar o Espírito Santo e ouvir os profetas do Senhor, como nos ensina Jeremias 23:28

  
O profeta que tem um sonho conte o sonho; e aquele que tem a minha palavra, fale a minha palavra com verdade. Que tem a palha com o trigo? Diz o Senhor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!