Traduza este blog

sábado, 18 de março de 2017

Todo o vale se encherá, E se abaixará todo o monte e outeiro; E o que é tortuoso se endireitará, E os caminhos escabrosos se aplanarão; E toda a carne verá a salvação de Deus. Lucas 3:5-6


Lucas está se referindo à mensagem de Deus trazida a nós pelo último e maior de todos os profetas de Israel, João, filho de Zacarias. A voz que clama no deserto, daquele que percorreu toda a terra ao redor do Jordão, pregando o batismo de arrependimento, para o perdão dos pecados, preparando o caminho do Senhor e endireitando as veredas para que o mundo viesse a conhecer na plenitude a salvação de Deus. Os profetas do Antigo Testamento já anunciaram que a missão de João, o Batista, seria avisar que o Rei apregoado pelos outros profetas já chegara, assim como fazem hoje os batedores que vêm à frente de um governante. Vemos que, para anunciar a chegada de um soberano ou autoridade secular, à frente do cortejo surgem motociclistas que fazem alarde com suas luzes e sirenes, todavia, não é para si mesmos que querem chamar a atenção, mas para aquele cuja chegada eles anunciam e tão logo a autoridade esperada chegue ao destino, a missão dos batedores está cumprida e eles saem de cena. A missão de João Batista foi abrir o caminho para o Messias e para isso precisou eliminar os obstáculos, nivelando e aplanando o terreno. Seu objetivo foi preparar a todos para a chegada do Messias e para tal precisou trazer uma mensagem dura para rebaixar do orgulho aqueles que se elevavam como o monte, para endireitar os que agiam de modo tortuoso, mas sua mensagem também veio para preparar e aplainar o terreno para preencher de gozo os que se encontravam no vale. O batedor, João Batista saiu de cena tão logo chegou o Messias, Aquele que deveria ser recebido com a devida honra, mas sua mensagem ainda repercute nos dias de hoje. E no deserto que vivemos atualmente, sedento da Palavra de Deus, ainda ecoa uma mensagem tanto para o povo oprimido, como para líderes opressores, corruptos e injustos. A Bíblia mostra que em vez de se arrependerem os judeus rejeitaram a mensagem, mas a Palavra de Deus não se perdeu no tempo e ainda ecoa na voz do profeta Isaías que diz

Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro será abatido; e o que é torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará. (Isaías 40: 4)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!