Traduza este blog

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Mateus 5:13-14


Jesus proferiu essas palavras, registradas por Mateus no célebre Sermão da Montanha, para que Seus discípulos compreendessem por meio da metáfora que o sal da terra e luz do mundo são aqueles que refletem o caráter de Cristo e por isso precisam se diferenciar dos demais. O sal é um elemento essencial para a conservação e o sabor dos alimentos, mas torna-se invisível ao cumprir suas funções. A luz faz desaparecer as trevas, e é uma radiação eletromagnética, que se propaga através de diferentes meios materiais, como o ar ou a água e também através do vazio. A Bíblia mostra-nos que os fariseus interpretavam de forma errada as Escrituras e buscavam se diferenciar dos demais homens pela forma como se vestiam, pelo modo de saudação que usavam, por orações longas em público, pela prática detalhada de rituais e elementos da tradição da religião judaica, mas jamais pela transformação do coração e pelo amor ao próximo. Entretanto, ser sal ou ser luz não é ter aparência e sim cumprir uma missão, pois a função do sal não é aparecer por si só, mas fazer aparecer o sabor dos outros alimentos e a luz é necessária para que se possa ver o mundo e os objetos ao redor. A função da luz é clarear e revelar o caminho, Mas a luz que ofusca os olhos, perde seu valor, assim como uma camada extensa de sal, altamente visível, para nada mais serve do que ser pisada. Portanto, ser sal ou ser luz do mundo, de acordo com Jesus, não é ter aparência, mas uma função necessária e discreta nesse mundo que carece de luz e de tempero. Os fariseus não compreenderam que a luz dos verdadeiros discípulos, não vinha deles mesmos, mas era uma reflexão da luz do Pai. A ciência explica que existem alguns tipos de sólidos, chamados de opacos, que não se deixam atravessar pela luz. São aquelas pessoas que vivem em si mesmas, e não se deixam atravessar pela Luz de Jesus. Mas aqueles que seguem a verdadeira Luz são capazes de compreender e de refleti-la ao seu redor, conforme afirma o salmista

Porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz. Salmos 36:9


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!