Traduza este blog

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes. Mateus 9:12



Mateus relata que Jesus percorria todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. Muitos foram os milagres realizados por Jesus nesse período, pois tinha grande compaixão pelas pessoas que andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor. Ele pediu aos seus discípulos que orassem a Deus para enviar pessoas dispostas a fazer a obra, pois via que a seara é realmente grande e eram poucos os ceifeiros. Em Seu ministério, Jesus foi criticado por aceitar como seguidores pessoas com um histórico de vida condenado pelos judeus. O próprio evangelista Mateus era um deles, pois sendo coletor de impostos era mal visto pelos judeus, uma vez que além de cobrar impostos, eles roubavam do povo parte do que era cobrado, pois pagavam para Roma o valor previamente estabelecido e cobravam acima deste valor para ficarem com a diferença. Durante Seu ministério, Jesus se cercou de pessoas tidas como escórias da sociedade, doentes do corpo e da alma, por essa razão usou a metáfora médica para explicar Sua missão. Todos nós somos doentes que precisam de cura. Temos enfermidades explícitas ou imperceptíveis que precisam ser curadas. Precisamos dos Médico dos médicos, para que nossas enfermidades físicas, emocionais ou espirituais sejam saradas e nos tornemos pessoas melhores. Jesus está disponível para os doentes. Ele
Sara os quebrantados de coração, e lhes ata as suas feridas. Salmos 147:3


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!