Traduza este blog

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

E, acercando-se dele os discípulos, disseram-lhe: Por que lhes falas por parábolas? Mateus 13:10


O uso de parábolas por Jesus é bastante conhecido, mas nem todos compreendem as razões da opção do Mestre por esse método. O significado das parábolas nem sempre foi evidente, nem mesmo os discípulos de Jesus entendiam porque Ele começou a ensinar exclusivamente por parábolas, ou o que Suas histórias significavam, contudo, eles se interessavam em ouvir e a questionar para saberem mais acerca do que o Mestre tratava. As parábolas de Jesus, paradoxalmente, são complexas como uma tese e ao mesmo tempo simples como um dito popular, mas contêm um grande desafio ao que as escuta: elas podem dizer muito ou simplesmente nada. Depende de quem ouve e com que espírito ouve. A sua compreensão não está relacionada a habilidade humana de leitura, ao nível intelectual, ou acadêmico. O mais simples e menos letrado dos homens pode ter uma compreensão excelente daquilo que o mais douto não consegue decifrar. Os discípulos nem sempre entendiam a mensagem, mas tinham o coração puro e desprovido da arrogância do mundo, por isso pediam mais informações. Esse é um exemplo que devemos seguir. Se somos confrontados com algo que não compreendemos na Bíblia é quando temos que ficar para aprender mais. Nossa atitude mostrará se fazemos parte daqueles a quem será dado saber os mistérios do reino de Deus ou se daqueles a quem se referiu o profeta Isaías 6:9
Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!