Traduza este blog

domingo, 30 de outubro de 2016

Ó Senhor, tu és o meu Deus; exaltar-te-ei, e louvarei o teu nome, porque fizeste maravilhas; os teus conselhos antigos são verdade e firmeza. Isaías 25:1


O profeta Isaías nos mostra no texto em epígrafe como deve ser a nossa postura de oração diante de Deus. Apesar de usar fórmulas diferentes, a maioria sabe que orar é falar com Deus, mas o que destacamos nesse versículo é se de fato estamos falando com Deus como deve ser. Na vida social, sabemos que há uma postura, uma forma adequada de nos dirigirmos às autoridades constituídas. E, sendo Deus maior do que todas essas autoridades, não deveríamos nos questionar sobre o modo como nos colocamos diante Dele em oração. Vemos, contudo que muitos estão orando de forma indiferente, dirigindo-se a Deus como de forma irreverente. Em toda Bíblia podemos ver como devem ser feitas as orações a Deus: com respeito, reverência e coração puro. Devemos nos inclinar, ajoelhar, prostrar-nos em humildade sincera, não para exigir que Ele cumpra uma solicitação ou execute uma ordem a nosso serviço. Em reverencia e humildade, podemos colocar nossas petições diante de Deus, em nome de Jesus, depois de pedirmos perdão pelos nossos pecados. Por isso sempre e bom nos lembrar das Palavras de I João 1:9  


 “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda injustiça.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!