Traduza este blog

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus. Salmos 10:4


A Bíblia nos diz que o orgulho é um dos principais pecados cometidos pelo homem. Enquanto o Senhor Jesus pregou e viveu a humildade como a maior virtude, satanás ensinou o orgulho, sua antítese, causa do primeiro pecado e da queda de Lúcifer e também do homem. O desejo do conhecimento do bem e do mal. O sonho de ser igual a Deus, e não ter que Lhe obedecer levou a humanidade a se corromper e a se distanciar dos princípios do Criador e a rejeitar o caráter do Salvador. O orgulho é mais que um pecado condenado por Deus, ele é fonte de todos os pecados, pois dá origem à vanglória, à soberba. Aquele que se acha melhor que os outros e busca aparecer sem mérito, sugando as oportunidades do próximo, o que não tolera competição e por isso joga sujo, quando tenta diminuir e ridicularizar quem atravessa seu caminho e age com altivez, julgando ser o centro do universo também ignora a soberania de Deus. Quantos homens à semelhança de Lúcifer que, cheio de orgulho, arrogância, soberba e vaidade se exaltou no coração e quis ser semelhante ao Altíssimo. Notórias personalidades e também pessoas comuns em toda a história da humanidade têm se arvorado na soberba e chamado a si e a nações inteiras a queda e a perdição. O Orgulho impede que muitas pessoas se cheguem a Jesus e o recebam como Senhor e Salvador, pois recusam-se a admitir o pecado e se gloriam dos próprios esforços. Mas a Bíblia nos diz que devemos reconhecer e confessar


Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas. Apocalipse 4:11

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!