Traduza este blog

domingo, 21 de agosto de 2016

O segredo do Senhor é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança. Salmos 25:14



A Bíblia destaca que o desejo do Senhor é ter intimidade com Seus filhos e no texto em epígrafe segredo é sinônimo de intimidade, não no sentido humano que conhecemos, como uma relação íntima, conhecimento mais profundo ou um convívio mais próximo com alguém. A intimidade com o Senhor está mais além de tudo isso e perdura desde o princípio da criação. Vemos ela expressa na passagem do Éden, quando Deus vinha todos os finais de dia a passear pelo jardim junto de Adão e Eva, mas o pecado quebrou essa intimidade. Devemos refletir sobre os motivos dessa quebra e entender que não o pecado em si, mas o fato de Adão e Eva se esquivarem de sua responsabilidade. Não podemos fugir e nos esconder da presença de Deus, quando cometemos um erro. A Bíblia também nos mostra Enoque que andou com Deus como alguém que privou de uma real intimidade com o Senhor e conheceu Seus segredos, até ser arrebatado para junto de Deus para uma intimidade maior. A Bíblia diz que Noé achou graça aos olhos do Senhor e por isso privou de uma real intimidade com Deus, pois nenhuma intimidade pode acontecer se não houver graça nos olhos de ambos que participam deste vinculo. Abraão é outro exemplo de homem que partilhou os segredos de Deus, pela fé e por ser amigo de Deus que dele não ocultou o que fazia, pois o Senhor revela seus segredos aos que participam da sua intimidade. Isaque, Jacó e José também participaram da intimidade de Deus em todo o caminho de suas vidas, porque andaram em sinceridade. Assim foi com Moisés a quem o Senhor falava como amigo e com vários homens que tiveram intimidade com Deus. Em outros tempos, Jesus nos mostrou que podemos ter essa intimidade, conhecendo o que Deus tem reservado para aqueles que Nele esperam e guardam as palavras da Sua promessa, pois somente assim é possível compreender, mesmo sendo nós pecadores, pois intimidade é crer que Deus sabe o que precisamos e que Deus é quem se aproxima primeiramente do pecador. É saber que nossos pecados são perdoados, pela confissão e arrependimento, pois em Jesus Deus firma uma aliança conosco. O segredo de Deus é o Evangelho, conhecido apenas por aqueles que por ele vivem e podem ser chamados amigos.


"Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer." (João 15.15).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!