Traduza este blog

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Vendo, pois, Hamã que Mardoqueu não se inclinava nem se prostrava diante dele, Hamã se encheu de furor. Ester 3:5


O livro de Ester narra os acontecimentos que aconteceram quando Israel era cativo na Babilônia, onde Assueiro I, Rei da Pérsia e Média, reinava. Este versículo nos mostra como o povo de Deus sempre foi alvo daqueles que pretendem exterminá-lo, justamente por ser escolhido. Na Babilônia, o povo já estava cativo e, assim como no Egito, servia aos seus senhores, mas o povo dominador não se contentava em escraviza-lo, queria humilhá-lo e exterminá-lo. Todavia, a Bíblia mostra que apesar de o povo  desobedecer a Deus e justamente por isso cair nas mãos do inimigo, Ele sempre levanta homens e mulheres dispostos a obedecer e a não infringir Suas Leis e princípios. O livro de Ester mostra o livramento de Deus por meio de um homem que não se corrompeu e de uma mulher que recebeu os ensinamentos e não se apartou dele mesmo vivendo em situação melhor que seu povo. Aprendemos com eles que, mesmo nos palácios, em situação favorável, não podemos nos render ao mundo, tampouco nos inclinar diante dos seus deuses. Ainda que o mundo se enfureça conosco, quando nos recusamos a seguir seus ditames, devemos seguir fazendo a vontade Daquele que nos criou e nos mantêm, lembrando-nos de que, dessa forma somos feitos filhos de Deus e parte do povo eleito, conforme nos assegura Jesus em Marcos 3:35


Porquanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe. Marcos 3:35

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!