Traduza este blog

domingo, 3 de abril de 2016

Naqueles dias não havia rei em Israel; cada um fazia o que parecia bem aos seus olhos. Juízes 17:6


A Bíblia diz que naquele tempo cada um fazia o que parecia bem aos seus olhos, pois na falta de um líder as pessoas, sem conhecimento ou orientação buscavam sua própria maneira de adorar. E por conta própria criavam seus métodos de buscar proteção divina. O livro de Juízes narra que neste ambiente um homem chamado Mica, entregou à sua mãe moedas de prata, as quais ela entregou ao ourives para que fizesse uma escultura. Nessa esteira, Mica estabeleceu uma casa de deuses e consagrou um levita que por ali peregrinava para sacerdote, supondo que o Senhor, com isso, lhe faria bem.  Essa história que aconteceu  há milhares de anos  guarda  grande semelhança com o que acontece nos dias de hoje. Vivemos em uma época em os valores são deturpados, influenciando também os valores cristãos. Nossas igrejas estão repletas de  “Micas” e de levitas que decidem peregrinar onde acha conveniente. Vemos que Mica não era um homem mau, mas bem intencionado em relação à busca de seguir um caminho e de se aproximar de Deus. O que lhe faltava era uma orientação pautada na verdade e nos princípios do Senhor. Quantas pessoas estão, com boas intenções, hoje, buscando um caminho e acabam iludidas por seu coração carente, sucumbindo aos encantos de um  levita peregrino, que busca a sua própria conveniência. Precisamos estar atentos ao que nos diz Jesus em João 8:32



E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!