Traduza este blog

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. João 6:38



Ultimamente, temos visto que as vitrines começam a ser feitas com motivos natalinos já no mês de agosto, as contratações temporárias, as campanhas publicitárias e os arranjos para as festas ocorrem precocemente, mas apesar de toda a preparação para o Natal o Aniversariante tem sido colocado em segundo plano ou sequer como plano de fundo. Em raríssimas exceções a menção ao verdadeiro proposito de Seu nascimento é feita. Sobre Aquele que usamos como pretexto para reunir a família, os colegas, para confraternizarmos, para tocarmos presentes e para aquecer o comércio pouco se diz que nasceu com o propósito de viver um curto período entre os homens para cumprir o plano salvífico de nascer humildemente,  morrer a nossa morte para vivermos a Sua vida. E sua vida é abundante, é gloriosa, é sobrenatural. É esta a vida que Deus quer que tenhamos! Mas para isso acontecer também precisamos nascer de novo e morrer nesta vida! Morrer para os valores e atitude que nos afastam de Deus. Isso pode nos parecer algo ruim, segundo os princípios do mundo, mas precisamos estar certos de que todos aqueles que morrem em prol da vontade do Senhor Deus os exalta sobremaneira. Em tempos de comemorar o Natal, importa que lembremos das palavras do Aniversariante e cumpramos a Sua condição expressa em João 3:7


Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!